Semana de Agroecologia do IFS é destaque na Comissão de Meio Ambiente da Câmara


 

Aracaju, 29 de março de 2017

 

 

 

Palestra do professor Flávio Duarte durante abertura da Semana de Agroecologia do IFS

O deputado federal João Daniel (PT) destacou, durante a reunião da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara, nesta quarta-feira, dia 29, a realização da IV Semana de Agroecologia (Sagroeco) do Instituto Federal de Sergipe (IFS), que tem como tema “Os desafios da agroecologia no contexto atual”. Ele esteve participando da abertura do evento, ocorrida na última segunda-feira, e destacou sua importância. A semana de Agroecologia segue até o próximo dia 31.

 

“Tive a oportunidade de participar de uma palestra com o professor e agrônomo Flávio Duarte da Fonseca, da Associação Brasileira de Agroecologia/Nordeste e outros professores que estão participando da semana”, disse, ao parabenizar o Instituto pela realização esse evento, em nome da professora Irinéia Rosa, diretora de ensino do Campus São Cristóvão e uma das coordenadoras da programação, e do reitor do IFS, Ailton Ribeiro.

 

O deputado informou que na programação da Semana de Agroecologia estão previstas palestras, oficinas, apresentação de trabalho científico e feira agroecológica. “Queremos destacar esse grande debate que está sendo realizado durante a IV Semana de Agroecologia e também parabenizar todos os alunos e professores, em especial os do curso de Agroecologia que o IFS tem realizado no campus de São Cristóvão”.

 

Saudação

Ainda durante a reunião, o deputado João Daniel saudou o deputado Nilto Tatto (PT/SP) pela escolha para presidir a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e disse ter certeza que ele fará um grande trabalho nessa gestão 2017/2018. Ele também parabenizou o deputado Leonardo Monteiro, eleito primeiro vice-presidente da Comissão. “Tenho certeza que essa comissão está com grandes parlamentares que terão capacidade de ouvir todos os segmentos, sempre ligados ao compromisso ambiental e de construir um país cada vez mais justo, que cuide das pessoas, da natureza e da agroecologia”, disse.

 

João Daniel acrescentou que esta é uma das comissões mais importantes da Câmara e, no atual momento, ela precisa estar atenta aos problemas relacionados com o mundo. “E tenho certeza que essa comissão não vai ser omissa com os problemas nacionais e internacionais, e estará pensando num mundo que cada vez mais preserve o meio ambiente e construa um desenvolvimento com respeito à natureza e uma nova matriz tecnológica”, ressaltou.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Márcio Garcez