“População está atenta às questões nacionais”, diz João Daniel sobre pesquisas que apontam Lula em primeiro para 2018


Aracaju, 3 de outubro de 2017

 

 

Nos braços do povo: Lula lidera todas as pesquisas

O resultado da pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada no último domingo, que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança das intenções de voto para as eleições presidenciais do próximo ano, na avaliação do deputado federal João Daniel (PT), mostra que o povo brasileiro tem clareza de tudo que está ocorrendo no país. Em discurso na sessão da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, dia 3, o parlamentar destacou os resultados da pesquisa que apontam Lula com pelo menos 35% de intenções de voto frente a candidatos como Marina Silva, Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin.

 

“Registro a nossa felicidade ao ver que a população brasileira está acompanhando atentamente as questões nacionais. Essa última pesquisa mostra a liderança do presidente Lula em todo o Brasil. Cresce todo um debate em torno do Brasil e do grande líder que precisa voltar a governar o país. Este país é um país que tem futuro, é uma Nação que pode dar a todos os seus filhos direitos”, disse, ao ressaltar que o povo brasileiro tem clareza de tudo que está ocorrendo.

 

Apesar de toda ofensiva judicial e midiática contra o ex-presidente Lula, de acordo com a pesquisa Datafolha, ele aparece liderando em todos os cenários, tendo ao menos 35% das intenções de voto para o primeiro turno das eleições presidenciais de 2018. Empatados na disputa no segundo lugar vêm o deputado federal Jair Bolsonaro e a ex-senadora Marina Silva, com 16% e 14%, respectivamente, sendo 2% a margem de erro da pesquisa. Já os possíveis candidatos do PSDB Geraldo Alckmin e João Dória alcançam apenas 8%.

 

Para a disputa do segundo, em todas Lula aparece com percentuais que garantiriam sua vitória. Ele venceria o candidato Alckmin – 46% contra 32% -, João Dória – 48% a 32% -, Marina Silva – 44% a 36% -, e Bolsonaro – 47% a 33%. A pesquisa Datafolha ouviu, no período de 27 e 28 de setembro, 2.772 pessoas em 194 cidades.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Márcio Garcez