João Daniel vota favorável à investigação contra Michel Temer


Aracaju, 2 de agosto de 2017

 

 

Reafirmando seu posicionamento divulgado desde o início das denúncias contra o presidente Michel Temer, o deputado federal João Daniel (PT) votou “não” ao relatório do deputado Abi-Ackel, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que pedia a não abertura de processo contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF), com base na denúncia feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Na votação que se estendeu até a noite desta quarta-feira, dia 2, João Daniel ressaltou que votava não, pois é favorável à continuidade das investigações por crime de corrupção passiva contra Temer, conforme denúncia do procurador-geral.

 

“Votamos a favor do povo sergipano e brasileiro. Votamos em favor daqueles que lutaram e deram a vida pela democracia, pela liberdade e por um país decente. Não ao relatório. Sim à investigação. Fora golpista, diretas já!”, disse o deputado João Daniel em seu voto.

 

Por 263 votos contra a 227, o plenário aprovou o arquivamento da denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer feita por Rodrigo Janot. Assim, pelo menos com essa denúncia, ele não será processado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Dois deputados se abstiveram de votar e foram registradas 19 ausências.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Reprodução TV Câmara