João Daniel registra a realização da 3ª Feira Nacional da Reforma Agrária


Aracaju, 09 de maio de 2018

 

 

A realização da 3ª edição da Feira Nacional da Reforma Agrária, em São Paulo, foi destacada pelo deputado federal João Daniel (PT/SE), em discurso na Câmara, durante a sessão desta terça-feira, dia 9. A feira aconteceu no Parque da Água Branca, entre os dias 3 a 6 de maio e reuniu em torno de 260 mil pessoas durante os quatro dias do evento. Este ano, a Feira Nacional comemorou também os 34 anos de lutas e conquistas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “Quero parabenizar toda a militância do MST, que, com esta feira e com todas as feiras que ocorrem no Brasil, mostra a importância da diversidade dos alimentos”, disse João Daniel.

 

E a variedade encontrada por quem visitou a feira foi grande. Segundo o deputado, 1.500 tipos de produtos e comidas típicas, vindas de todas as regiões do país, foram vendidos durante a semana. A feira contou ainda com a participação de mais de 360 artistas nacionais por lá passaram, entre nomes consagrados nacionalmente, amigos do MST, como Ana Cañas, Otto, Martinho da Vila e a Escola de Samba Paraíso do Tuiuti.

 

João Daniel ressaltou ainda que tudo que foi comercializado ali se trata de alimentos saudáveis, produzidos utilizando técnicas agroecológicas, levando ao público alimentos in natura e industrializados, com a melhor qualidade. “Com isso demonstramos que é possível ao Brasil se tornar independente do uso de agrotóxico e mesmo assim reduzir os custos de produção, levando ao mercado um produto saudável e protegendo também o meio ambiente”, frisou.

 

Para o deputado, o país precisa voltar a investir em programas de reforma agrária que garantam terra a quem nela vive e produz, garantindo um maior aproveitamento da nossa agricultura para a alimentação do nosso povo, ao tempo em que deve definir uma política ambiental e agrícola que proíba, pelo menos, a importação e produção de agrotóxicos ou de seus componentes proibidos em outros países.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Matheus Alves/MST