João Daniel destaca importância de união da bancada sergipana em defesa da Fafen


Aracaju, 21 de março de 2018

 

Nesta quarta-feira, dia 21, o deputado federal João Daniel (PT) participou da reunião da bancada federal de Sergipe com o governador Jackson Barreto para tratar sobre os impactos e debater medidas para impedir o fechamento da unidade da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) no estado, conforme anunciado pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, na última segunda-feira, ao governador. Para o parlamentar, será uma tragédia, em vários aspectos, se isso vier a se concretizar.

 

Além de todos os parlamentares da bancada federal de Sergipe e Jackson Barreto, também participaram da reunião o deputado federal baiano Caetano (PT), o ex-governador Albano Franco, o deputado estadual Antônio dos Santos, representando a Assembleia Legislativa, e a vereadora Emília Correia, representando a Câmara de Vereadores de Aracaju.

 

Entre os encaminhamentos da reunião, a unidade das bancadas sergipana e da Bahia, já que há também a ameaça de fechamento da Fafen no estado vizinho, em torno da luta contra o encerramento das atividades. Estamos unidos para lutar pelo não fechamento da Fafen e buscar alternativas”, disse João Daniel.

 

O deputado João Daniel disse que o governo federal sinaliza com uma audiência, para receber a bancada e o governador, na próxima terça-feira. “Mas queremos deixar claro a gravidade. Não é uma fábrica de 750 trabalhadores que está sendo fechada, sendo 272 diretos e mais 480 indiretos, no período de baixa produção, como é neste momento. O que está sendo fechado é todo um projeto da economia do Estado de Sergipe e entorno do município de Laranjeiras e de toda aquela região, que abrange misturadoras de adubo, que envolve todo um projeto que foi gasto de infraestrutura pelo Estado de Sergipe, desde todo o projeto de abastecimento de água, como o Porto, e outros tantos”, observou.

 

Defesa do Brasil

Ele acrescentou que a grande preocupação é que esse tipo de privatização, de entrega e de abandono das fábricas da Fafen em Sergipe e na Bahia é a renúncia de um projeto nacional, é a renúncia da soberania nacional. “É fundamental que todos os brasileiros, em especial de Sergipe e da Bahia, estejam de cabeça erguida na defesa dessa empresa, porque isso diz respeito à defesa do Brasil”, ressaltou.

 

João Daniel disse ainda que essa ação envolve também a questão estratégica da produção de alimentos, mas, neste momento, o importante é a luta e a união de todos para a permanência da Fafen em atividade. Ele também parabenizou a liderança do governador Jackson Barreto, que está tomando todas as medidas, inclusive jurídicas, na defesa da Fafen, porque está em jogo o estado de Sergipe, a economia e o projeto de defesa do nosso país.

 

Segundo informou João Daniel, a bancada sergipana e da Bahia realizarão uma sessão especial na Câmara para debater essa situação. “Sergipe também fará uma audiência na Assembleia Legislativa, com a presença do sindicato e dos trabalhadores, puxada pela deputada estadual Ana Lúcia e pelas forças progressistas de Sergipe para tratar dessa questão da Fafen”, disse.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Fotos: Roque Sá