Solução para dívida de agricultores é discutida por João Daniel no Ministério da Fazenda


Aracaju, 25 de abril de 2015

Em reunião com o secretário-adjunto de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Fazenda, João Pinto Rabelo Júnior, o deputado federal João Daniel (PT/SE) discutiu a situação das dívidas rurais pendentes de agricultores do estado de Sergipe. Deputados federais dos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Ceará também participaram da reunião, que contou ainda com a representantes da Assessoria Técnica do Ministério da Fazenda.

 

Durante o encontro, eles discutiram ponto por ponto com relação às dívidas de pequenos e médios agricultores, especialmente na área da agricultura familiar e cooperativas. João Daniel levou três questões específicas de Sergipe. A questão da Coopertreze, de Lagarto, que tem mais de mil famílias inadimplentes por conta de uma dívida antiga, a maioria de custeio agrícola para plantio do fumo; o caso dos produtores de arroz do município de Ilha das Flores e região do Baixo São Francisco; e a situação de pequenos e médios agricultores da região do Alto Sertão que ainda estão na dívida ativa da União ou com ações judiciais por conta das dívidas.

“O compromisso do secretário foi trazer toda documentação referente a esses casos para estudo junto com outros Ministérios para encontrar uma solução, bem como também, caso seja necessário, realizar uma visita ao estado de Sergipe”, informou o parlamentar. Segundo João Daniel, seu objetivo é resolver 100% da situação dos agricultores endividados que ainda não tiveram solução na área da pequena e média agricultura, em especial a agricultura familiar, das cooperativas e pequenos produtores do estado de Sergipe.

 

“Esse é um compromisso meu como deputado federal: ir a todos os Ministérios buscar solucionar essa questão”, disse. Ele acrescentou que para isso já esteve recentemente com o ministro Patrus Ananias, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, com a ministra Kátia Abreu, da Agricultura, e agora no Ministério da Fazenda. “Nosso objetivo é buscar uma solução para esses pequenos e médios agricultores, principalmente da agricultura familiar, que ainda se encontram com pendências, para que possam acessar crédito novamente e tenham condições de voltar a produzir”, completou.

 

Fotos: Márcio Garcez

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa