João Daniel destaca importância de entrega de retroescavadeiras para municípios sergipanos


 



A entrega de 24 retroescavadeiras a alguns municípios sergipanos foi tema do pronunciamento feito hoje, dia 14, durante o pequeno expediente da sessão da Assembleia Legislativa pelo deputado João Daniel (PT). Ele ressaltou a importância da ação. A entrega foi feita hoje pela manhã, em Aracaju. Os equipamentos foram entregues pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), juntamente com o governo do Estado. “São 24 máquinas simples, mas de fundamental importância para os municípios de Sergipe. Acompanhei as negociações e a construção dessa proposta, via os territórios da Cidadania, para que o governo federal pudesse apoiar com maior infraestrutura os municípios”, disse. Segundo João Daniel, essa é a primeira ação no sentido de contribuir diretamente com os municípios, sem contrapartida, apenas a de preparar os operadores das máquinas para utilizá-las.

Os quatro territórios receberão as 24 retroescavadeiras. Segundo o deputado, no território do Baixo São Francisco receberão os equipamentos os municípios de Santana do São Francisco, Muribeca e Japoatã. No Sertão Ocidental: Carira, Frei Paulo, Poço Verde, Ribeirópolis, São Miguel do Aleixo, Simão Dias, Tobias Barreto, Malhador, São Domingos e Riachão do Dantas. Já no Sul sergipano serão atendidos com as retroescavadeiras as cidades de Indiaroba, Itaporanga d’Ajuda, Pedrinhas, Santa Luzia do Itanhy e Tomar do Geru. No Território do Alto Sertão receberão as máquinas os municípios de Porto da Folha, Gararu, Monte Alegre, Poço Redondo. “Todos os municípios foram selecionados por critérios técnicos do MDA e articulação dos municípios”, explicou.

O deputado João Daniel parabenizou o atual coordenador da Delegacia do MDA em Sergipe, Adailton dos Santos, que segundo ele tem feito vários esforços. “Essa é mais uma ação importante do MDA para os municípios, em especial os que estão situados no semiárido porque lá as máquinas ajudarão muito na limpeza de açudes, barragens, conservação e construção de estradas e abertura de silos”, ressaltou. O parlamentar acrescentou que espera que futuramente se possa ter, seja no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 ou mesmo no PAC 3, uma melhor estrutura, ainda maior, para os municipios do nosso Estado e de todo país, em especial os do semiárido nordestino.

Edjane Oliveira, da Agência Alese (www.agenciaalese.se.gov.br)