Situação da região do povoado Pedreiras é discutida em audiência na Petrobras


Aracaju, 30 de janeiro de 2015

Na luta: João Daniel levando seu apoio ao movimento Sem Asfalto, Sem Petróleo

O deputado federal eleito João Daniel (PT) avaliou como positiva a reunião que teve com o gerente geral da Unidade de Operações e Exploração de Petróleo da Petrobras em Sergipe e Alagoas, Luiz Robério Silva Ramos, sobre a situação das comunidades que vivem na região do povoado Pedreiras, no município de São Cristóvão. Um dos pontos tratados no encontro foi a questão do projeto de asfaltamento dessa região, que inclui mais de 10 comunidades (Catamarã, loteamentos Lauro Rocha, Senhor dos Passos, bairro Colina, Assentamento Projeto Casulo, povoados Chica, Tinharé, Olhos d’Água, Purga, Mal Acabado, Bonfim, Pedreiras, Ilha Grande e Ilha do Veiga).

 

Segundo o deputado, o gerente garantiu que estaria enviando o projeto que está sendo elaborado, já em fase de conclusão, nos próximos oito dias à Presidência da Petrobras, no Rio de Janeiro. Também participou da reunião, que aconteceu na última quarta-feira, dia 28, o diretor de Comunicação da Petrobras em Sergipe, Ricardo Leal. “O meu compromisso assumido é estar à disposição da Petrobras para qualquer articulação junto à Presidência da empresa no Rio de Janeiro, e até mesmo com a presidente Graça Foster, e também com o governo do Estado, no sentido de viabilizar o asfaltamento dessa região que necessita”, afirmou João Daniel.

 

Há três anos os moradores dessa região de São Cristóvão – através do movimento Sem Asfalto, Sem Petróleo – lutam para conseguir que seja feita a obra de asfaltamento das vias por onde passam os caminhões da Petrobras que transportam o petróleo explorado no município. Em novembro do ano passado, eles iniciaram o bloqueio do acesso desses veículos, na tentativa de que fosse firmado o convênio entre a Petrobras, governo do Estado e Prefeitura de São Cristóvão para a realização do asfaltamento.

 

Na semana passada, os moradores foram obrigados a desobstruir a via de acesso à Estação do Campo da Ilha Pequena, por determinação judicial do juiz da 1ª Vara Cível de São Cristóvão. De forma pacífica, eles deixaram o local, enquanto aguardam que uma solução definitiva seja dada à questão. Muitos são os prejuízos relatados pelos moradores dessas comunidades por conta do péssimo estado de conservação das vias. Eles relatam doenças e até morte causada por problemas respiratórios, atestada por peritos, além de danos trazidos às residências e veículos que trafegam por elas.

 

Palmares

Também durante a reunião com o gerente da Petrobras SE/AL, João Daniel tratou sobre a situação das 100 famílias que vivem na ocupação Zumbi dos Palmares, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro, na entrada de Aracaju. De acordo com o deputado, desde o ano de 1994 existe uma ocupação nessa área e a negociação de uma área da Petrobras. “Lá o que eles nos reivindicaram enquanto deputado é a regularização fundiária deles”, disse.

 

Segundo o parlamentar, durante a reunião, a Petrobras se comprometeu em, no prazo de 15 dias, dar uma resposta sobre essa questão. Entre as possibilidades está a doação da área diretamente para as famílias, que vivem lá e já têm suas casas construídas, ou a doação da área para o estado ou município, para que faça a destinação aos ocupantes. “Eu assumi o compromisso de articular junto ao governo do estado ou do município a infraestrutura do residencial onde hoje essas famílias estão vivendo”, declarou o deputado João Daniel.

 

Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa