Seminário debaterá sobre dívidas de agricultores sergipanos e como resolvê-las


Aracaju, 23 de novembro de 2015

As dívidas contraídas ao longo dos anos têm tirado o sono de muitos agricultores sergipanos. Em Sergipe, o problema tem afligido, principalmente, citricultores da região de Lagarto, rizicultores do Baixo São Francisco e agricultores com dívidas do PESA. Por conta dessa situação, na próxima sexta-feira, dia 27, será realizado um seminário, proposto pelo deputado federal João Daniel, através da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, para debater o tema.

 

O seminário será realizado, a partir das 9 horas, na avenida Antônio Martins de Menezes, 1716, povoado Colônia Treze, no município de Lagarto, no espaço anexo à Cooperativa do Treze (Coopertreze). “Diante de tantas dúvidas e questionamentos dos agricultores que se encontram nessa situação de dívidas agrícolas, nós apresentamos requerimento para que, através da Comissão de Agricultura, realizássemos esse seminário aqui em Sergipe para debater e dar encaminhamentos para que isso seja resolvido”, disse o deputado.

 

João Daniel acrescentou que o seminário visa buscar alternativas para a solução do endividamento do setor agrícola do Estado de Sergipe, em face do prazo de até 31 de dezembro de 2015, nos termos da Lei 12.844 de 2013, e as pendências de regulamentação que ainda restam para o encaminhamento das soluções. “A proposta é que ao final do evento se possa sair com as proposições de medidas a serem adotas junto as autoridades competentes”, destacou o deputado.

 

Estarão presentes ao seminário representantes dos agricultores endividados, da Federação dos Trabalhador na Agricultura em Sergipe (Fetase), Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), Movimento Camponês Popular (MCP), Ministérios da Agricultura, da Fazenda e do Desenvolvimento agrário, bancos públicos, Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Secretarias Municipais de Agricultura, entre outros.

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Arte: Thiago Dhatt