Representando Comissão Especial, João Daniel participa de audiência sobre MP das Dívidas em Irecê


Aracaju, 28 de março de 2016

 

 

Com o auditório da Câmara de Vereadores de Irecê (BA) lotado por trabalhadores rurais do município baiano e região, o deputado federal João Daniel (PT/SE) participou, na manhã dessa segunda-feira, dia 28, de audiência pública realizada pela Comissão Especial que analisa a Medida Provisória 707/2015, que trata sobre o problema das dívidas rurais. Como vice-presidente, João Daniel esteve representando a Comissão Especial. Também participaram representes de outros parlamentares.

 

A mesa da audiência também teve a participação da deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), representando a Assembleia Legislativa da Bahia, e representante do governo do Estado. Cerca de 350 pessoas participaram da audiência, que contou ainda com a presença de vários prefeitos da região, vereadores, participação de sindicatos de trabalhadores rurais e patronal, de cooperativas, associações, Territórios da Cidadania advogados que atuam na região em defesa dos produtores, além de representantes da Paraíba. Entre as lideranças presentes, o ex-presidente da Codevasf, Elmo Vaz.

 

Também participaram da audiência, representantes da Associação dos Prodesianos da Bahia, grupo formado por pesquisadores do Nordeste que, na década de 90, aderiram a uma linha de crédito rural diferenciada do Banco do Nordeste – o Programa Prodesa –, foram enganados e hoje todos se encontram numa situação que não vislumbram solução, endividados, já em estágio de penhora e leilão dos bens. Segundo o deputado João Daniel, o que eles querem é que haja enquadramento para renegociação. São cerca de 400 pesquisadores nessa situação. “A maioria absoluta desses problemas de dívidas rurais vem ainda da época do governo Fernando Henrique Cardoso e a grande crítica que ouvimos é que sempre que renegocia na hora de sair a sanção a área econômica veta e nem todos são contemplados”, explicou.

 

Durante a audiência, os produtores rurais e representantes de entidades e prefeitos da região foram ouvidos pelo representante da Comissão Especial. Segundo o deputado João Daniel, foram mais de 20 depoimentos e documentos apresentados pelos agricultores, relatando os problemas relacionados a dívidas que eles têm vivido. Estamos levando esses documentos e esses relatos para Brasília, para que a Comissão possa analisar”, informou o parlamentar.

 

Em comum, esses depoimentos tratam de situação vivida por produtores rurais que estão endividados e não foram enquadrados por nenhuma lei ou decreto nem contemplados pela MP 707, publicada no final do ano passado. Para o deputado João Daniel, foi muito importante estar presente nessa audiência, uma vez que essa é uma região que envolve mais de 40 mil agricultores, que cultiva, essencialmente, produtores da cesta básica, como grãos, verduras e frutas também.

 

Audiência Itabaiana

Na próxima segunda-feira, dia 4, audiência semelhante será realizada no município sergipano de Itabaiana, por iniciativa do deputado João Daniel.  O objetivo é que, no município de Itabaiana, sejam ouvidos os produtores e os caminhoneiros autônomos, bastante atingidos pelo endividamento rural. Na Comissão Especial em Brasília, as entidades representativas desses dois públicos já foram ouvidas, quando relataram suas dificuldades. Agora, o parlamentar quer que haja esse contato direto com caminhoneiro e agricultores para apresentarem seus depoimentos quanto à MP 707.

 

Após a audiência de hoje, o deputado João Daniel concedeu entrevista à Líder FM de Irecê, maior emissora da região, sobre a audiência e os trabalhos da Comissão Especial das Dívidas e participou de almoço com produtores rurais, cooperativas e lideranças políticas da região. “É muito importante discutir essa questão, através da Comissão, no próprio município. E a expectativa é que possamos encontrar uma solução, especialmente para o semiárido do Nordeste”, disse.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa