Reforma agrária: João Daniel registra imissão de posse em Itaporanga


Aracaju, 9 de setembro de 2015

 

Depois de anos acampadas na fazenda Camaçari, no município de Itaporanga d’Ajuda, 100 famílias receberam o documento de imissão de posse da área onde agora é o Projeto de Assentamento Vitória da Conquista. A importante conquista dos trabalhadores rurais foi registrada pelo deputado federal João Daniel (PT/SE) na sessão da Câmara desta quarta-feira, dia 9. O parlamentar participou do ato que oficializou a posse da terra para esses trabalhadores rurais, ocorrido na manhã de segunda-feira, dia 8.

 

Estiveram presentes à imissão assentados e acampados de vários municípios, o superintendente regional do Incra em Sergipe, André Bonfim; a prefeita de Itaporanga, Maria das Graças Garcez; o secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal; o secretário de Agricultura de Itaporanga, César de Bebé; vereadores do município; os integrantes da Direção Nacional do MST, Gislene Reis e Gileno Damascena; integrantes da direção estadual do Movimento; além de representantes do Banco do Nordeste e Ministério do Desenvolvimento Agrário, entre outros.

 

A área do Assentamento Vitória da Conquista possui 1.315 hectares de extensão. Nele serão assentadas 100 famílias que ocupavam a área há sete anos. Este é o quarto imóvel adquirido pelo Incra em Sergipe, apenas este ano, para a reforma agrária. Terra bastante fértil, possui condições para que os agricultores possam plantar culturas como milho, feijão e maracujá, além da pecuária.

 

Ao parabenizar as famílias, João Daniel destacou que graças à luta do Movimento dos Sem Terra elas agora passavam a ter a posse da terra. “A vitória pertence àqueles que lutam, e vocês são lutadores”, disse João Daniel, ao lembrar os conflitos enfrentados pelos ocupantes desde que chegaram à fazenda. Segundo o deputado, conquistar aquela é uma conquista muito importante. Ele destacou também que receber aquela terra não significa melhoria de vida apenas para as famílias assentadas, mas para toda Itaporanga. “Vocês vão poder produzir, e produzir com qualidade, e movimentar a economia do município e na região. Por isso hoje é um dia muito importante para vocês, para o MST, para o município e para o Incra”, disse.

 

Segundo ele, a área da antiga fazenda Camaçari possibilita que esse se torne um grande assentamento, pois está numa área fértil, próximo do mercado de Itaporanga e também da capital, para que os camponeses possam escoar sua produção e se mostrar um exemplo de reforma agrária. “Temos condições de nesse assentamento produzir verduras sem agrotóxico, proporcionando alimentos melhores aos consumidores”, acrescentou João Daniel, ressaltando que para isso é fundamental o papel do Incra e do MST com a assistência técnica aos assentados.

 

A entrega do documento de imissão de posse foi feita pelo superintendente do Incra ao senhor Raimundo dos Santos, agricultor com 107 anos de idade. André Bonfim destacou a importância dessa área. Ele informou que apenas esse ano já foram investidos mais de R$ 40 milhões apenas em desapropriações de imóveis rurais em Sergipe, prova do compromisso do governo federal com as famílias e com a reforma agrária. Para ele, isso mostra que, ao contrário do que muitos dizem, ainda há caminho para avançar com a reforma agrária.

 

Luta e resistência

Durante o ato de imissão de posse, os assentados lembraram e retrataram na mística os momentos difíceis que viveram no conflito enfrentado desde a ocupação da fazenda, na época improdutiva, as agressões sofridas até por crianças, mas que graças à resistência e o apoio do Movimento e posteriormente a ação do Incra para a obtenção da terra resultaram na vitória.  José Edézio Tavares, da executiva estadual do MST, falou da conquista dessas famílias. Para ele, não era uma vitória apenas do Movimento, mas de todo povo de Itaporanga, pois esses camponeses assentados vão poder colocar alimentos saudáveis, livres de veneno, produzidos no assentamento, na mesa dos itaporanguenses de outros sergipanos também. “Agora é só acreditar e confiar. Vamos fazer aqui em Itaporanga um grande canteiro de assentamentos com produção saudável”, afirmou.

 

A prefeita Maria das Graças Garcez ressaltou a luta dessas famílias que ocuparam, lutaram e resistiram todas as dificuldades enfrentadas, até conseguir conquistar sua terra. “A luta foi grande para conseguir essas terras, mas agora vocês estão dando o pontapé num novo momento na vida de vocês e nós estamos aqui ao lado de vocês”, afirmou.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa