Posse de Lúcia Falcón no Incra é prestigiada pelo deputado federal João Daniel


Aracaju, 30 de março de 2015

 

O deputado federal João Daniel (PT/SE) prestigiou a posse da nova presidenta do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Lúcia Falcón, que aconteceu na manhã dessa segunda-feira, em Brasília. Primeira mulher a presidir o Instituto, Lúcia defendeu em seu primeiro discurso à frente do cargo uma gestão participativa voltada aos anseios dos movimentos sociais e destacou a necessidade de oferecer infraestrutura aos assentamentos. Em discurso na sessão dessa segunda-feira na Câmara dos Deputados, João Daniel parabenizou a presidenta Dilma e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, pela nomeação de Lúcia Falcon.

 

Para o deputado João Daniel, a chegada de Lúcia à Presidência do Incra tem uma grande importância. Primeiro, disse ele, porque Lúcia é uma mulher preparada, conhecedora da realidade, da questão agrária no Brasil, que já assumiu vários cargos na esfera federal, estadual e municipal. “Portanto, está muito bem preparada, tem um compromisso histórico com essa causa e está afinada com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias. Por isso tenho certeza que fará um grande trabalho no Incra pelo seu compromisso e sua história”, afirmou.

 

De acordo com o deputado, ao assumir a Presidência do Incra, Lúcia Falcón se comprometeu em 30 dias apresentar um plano de funcionamento do Incra, plano de incentivo e apoio aos servidores da autarquia. Além disso, destacou João Daniel, a presidenta do Incra se propôs a criar o III Plano Nacional de Reforma Agrária (PNRA). “Por isso acredito, confio e tenho certeza que nosso estado estará muito bem representado no Incra nacional”, disse.

A posse da ex-secretária de Desenvolvimento Urbano de Sergipe foi bastante prestigiada. O secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal, esteve presente, representando o governo do Estado. Também participou da posse a direção da Emdagro, através de seu presidente o presidente, Jeferson Feitoza, e o diretor técnico, Gismário Ferreira Nobre; Manoel Messias Freire, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Sergipe e ex-assessor de Lúcia na Sedurb; vários representantes da Superintendência do Incra em Sergipe, a dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em Sergipe, Gislene Reis; vários deputados do Núcleo Agrário, entre eles Valmir Assunção (PT/BA) e Marcon (PT/RS), entre outros.

 

Maria Lúcia de Oliveira Falcón é engenheira agrônoma (UFBA), mestre em Economia (UFBA) e doutora em Sociologia da Ciência e Tecnologia (UnB). Foi secretária de Estado em Sergipe; secretária Nacional de Planejamento e Investimentos Estratégicos, no Ministério do Planejamento e já atuou como assessora da presidência do BNDES e coordenadora Técnica do Dieese na Bahia e em Sergipe, entre outras atividades.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa