Movimentos sociais e entidades públicas debatem Educação no Alto Sertão sergipano


Aracaju, 27 de fevereiro de 2015

Em uma audiência convocada pelo Colegiado do Território do Alto Sertão e mandato popular do deputado federal João Daniel (PT) debateu todo sistema de educação na região do Alto Sertão sergipano. O encontro foi uma oportunidade para discutir a melhoria da educação por parte dos municípios da região, reforçar a importância da educação no campo, priorizando com muita ênfase a Escola Técnica Dom José Brandão de Castro, na cidade de Poço Redondo, e discutir a ampliação do Instituto Federal de Sergipe e os cursos em Nossa Senhora da Glória.

 

Durante a audiência, realizada, ontem pela manhã, na escola do Assentamento Queimada Grande, em Poço Redondo, um dos pontos também tratados foi o campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no Alto Sertão, na cidade de Glória. Na ocasião, foi debatida a possibilidade de cursos ligados à situação real da região, em especial à economia que é a baseada essencialmente na agricultura e pecuária.

Sobre a ensino médio e técnico foi reivindicada, com relação às escolas estaduais, a resolução imediata de problemas existentes nas escolas, como estrutura física, contratação de professores e servidores, estruturação dos laboratórios, quadras, bibliotecas, programa de formação de professores adequado à perspectiva de educação da região. Também se levantou a questão das condições das escolas agrícolas, estruturação para qualificação da pedagogia da alternância, contratação de professores e coordenação com perfil coerente com a pedagogia da escola, entre outros pontos. Já quanto ao Pronatec a solicitação foi que seja formado um comitê regional para discutir as demandas do território e todo processo pedagógico e elaboração para os editais de seleção de professores.

Segundo o deputado João Daniel, a audiência possibilitou trazer para a comunidade do Alto Sertão um debate amplo sobre a educação, em todos os seus aspectos e níveis, na sua própria região, dando a oportunidade de as pessoas tirarem suas dúvidas e terem esclarecimentos com a presença daqueles que a representam e são responsáveis pela implementação das políticas na área educacional.

 

Também participaram da audiência representantes de movimentos sociais e sindicais, entre eles os com forte atuação na região, que são o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA); Secretaria de Agricultura (Seagri); Empresa de Desenvolvimento Agropecuário (Emdagro); representante da UFS; o reitor do IFS, Ailton Ribeiro, e toda sua equipe; secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, sua equipe e representantes das diretorias regionais; os prefeitos de Poço Redondo, Roberto Araújo; de Glória, Chico do Correio; e de Porto da Folha, Albino Tavares de Almeida Neto; a deputada estadual Ana Lúcia e vereadores de municípios da região.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa