João Daniel apresenta moção para criação de Centro de Formação de Treinadores de Cães-guia


 

. Durante o grande expediente da sessão desta quarta-feira, o deputado João Daniel (PT) fez pronunciamento para informar que apresentou a moção 20/2012, lida no expediente de hoje, à presidente da República Dilma Rousseff e à ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, sobre a luta para a implantação do Centro de Formação de Treinadores e Instrutores de Cães-guia para o campus de São Cristóvão do Instituto Federal de Sergipe (IFS). Segundo o parlamentar, o IFS foi o primeiro da região Nordeste a se inscrever no programa em nível nacional e tem preparado seus professores para que caso haja essa decisão favorável e o Estado de Sergipe possa ter este centro para preparar cães-guia para toda região Nordeste.

O deputado disse que conta com o apoio de toda Assembleia Legislativa, do governador Marcelo Déda e toda bancada federal, bem como de todas as forças políticas nesse sentido. Ele disse que é um investimento e uma ação importante, pois o Instituto Federal tem capacidade e condições de implantar esse Centro. “Além de ser uma iniciativa muito importante para todos que necessitam por terem deficiência visual”, disse.

João Daniel acrescentou que a proposta de implantação do Centro de Formação de Treinadores e Instrutores de Cães-guia em Sergipe já se encontra em análise na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República que atende à chamada pública 001/2012. Segundo o parlamentar, com essa iniciativa o IFS, na condição de membro integrante do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Plano Viver sem Limite), está contribuindo para estreitar a interação entre pessoas com deficiência, as barreiras atitudinais e do meio ambiente que impedem a plena e efetiva participação dessas pessoas.

No entanto, o deputado ressaltou que para que o atendimento desse pleito seja garantido é necessário o engajamento de todos.  João Daniel disse que o IFS tem buscado apoio junto com o governo do Estado, através da Secretaria dos Direitos Humanos e da Cidadania (Sedhuc), e de associações e instituições de pessoas com deficiencia visual, a exemplo da Associação dos Deficientes Visuais de Sergipe (Adevise) e do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

“Nesse sentido, solicito a todos os parlamentares de nossa Casa para apoiarem essa moção e possamos encaminhar à nossa presidenta Dilma, à ministra Maria do Rosário, bem como à Secretaria que cuida do edital desse projeto”, destacou.  João Daniel disse que hoje a moção de sua autoria foi lida, mas ele gostaria que ela saísse como uma moção da Assembleia Legislativa, pela importância e pela possibilidade real que há de se concretizar. “Temos uma possibilidade real, porque temos hoje no campus de São Cristóvão do IFS uma grande área e toda uma estrutura montada para isso”, garantiu.

De acordo com o deputado, o campus de São Cristóvão já conta com um internado para 160 pessoas, mais 30 vagas de reserva, mas com a reforma que está sendo realizada passará a oferecer mais dois alojamentos, totalizando 252 vagas. Além disso, possui refeitório, lavanderia e centro médico-odontológico. “De forma que cumprirá plenamente a lei de acessibilidade, estando apto a receber o Centro de Formação, para orgulho de todos os sergipanos”, declarou. Para João Daniel, diante dessa possibilidade real que existe é fundamental o apoio de todos os parlamentares.

Foto: Maria Odília (Agêncoia Alese)

Edjane Oliveira, da Agência Alese (www.agenciaalese.se.gov.br)