Luta dos quilombolas sai vitoriosa no Supremo


Aracaju, 09 de fevereiro de 2018

 

 

Vitória: João Daniel e deputados do PT em reunião no STF sobre essa ação que beneficiou quilombolas

Quando o presidente Lula assinou o Decreto 4887, em 2003, estava fazendo uma justiça histórica ao povo quilombola, fixando regras para regularização de suas comunidades com regras de autodeterminação.

 

O DEM e seus aliados ruralistas entraram com uma Ação de Inconstitucionalidade imediatamente.

 

Foram mais de 14 anos de luta dos movimentos sociais, coordenados pela Coordenação Nacional das Comunidades Quilombolas (Conaq), que lutam por justiça e igualdade, até que o Supremo Tribunal Federal (STF), ontem, por 8 a 1, garantiu a validade do Decreto.

 

Na Câmara dos Deputados, o Núcleo Agrário foi um espaço de luta para essa conquista. Para João Daniel, essa foi mais uma prova de que o povo organizado, lutando por seus direitos, garante vitórias importantes. “Parabenizo a todos que não perderam a fé na luta”, disse o deputado.