João Daniel se reúne com presidente do Banco do Nordeste


Aracaju, 24 de abril de 2015

O deputado federal João Daniel (PT/SE) esteve reunido, essa semana, com o presidente do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Souza, na sede da instituição, em Brasília. Durante a visita, o parlamentar tratou de projetos e assuntos de interesse da região Nordeste, em especial dos pequenos agricultores e assentados. O deputado se colocou à disposição do banco tanto para defendê-lo das investidas dos que não querem ou não compreendem o papel de um banco de desenvolvimento regional, quanto para divulgar as atividades da instituição seja na Câmara ou no Estado de Sergipe.

 

Durante a reunião, o deputado João Daniel também demonstrou para o presidente Nelson Antônio seu interesse em contar mais com o banco no encaminhamento das soluções referentes às dívidas de alguns segmentos dos pequenos agricultores de Sergipe e de uma maior presença do BNB no Estado.

 

Na oportunidade, o deputado federal convidou o presidente Nelson Antônio para fazer uma visita ao estado de Sergipe, para se reunir com trabalhadores e entidades, para tratar de assunto de interesse deles e discutir projetos possíveis de serem financiados pelo Banco do Nordeste na área da pesquisa, da produção agrícola e produção de agroindústrias. Segundo João Daniel, o presidente do banco achou a proposta da visita interessante e prometeu reforçar as ações locais, com o apoio da Superintendência em Aracaju.

 

“Foi bem positiva essa reunião, na qual nos colocamos à disposição do presidente do Banco do Nordeste para a defesa das causas da região, dos projetos para o Nordeste”, destacou João Daniel. O deputado também se disponibilizou enquanto parlamentar a estar defendendo a importância do Banco do Nordeste. “A presidente Dilma tem compromissos com o Nordeste e tem grandes investimentos na região. Em Sergipe, o Banco do Nordeste também tem uma importância muito grande, em especial para os agricultores e assentados da reforma agrária”, ressaltou.

 

O Banco do Nordeste é o banco público de maior importância para a região, uma vez que atua com as linhas de financiamento do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) e, principalmente, com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), linha de crédito voltada para os agricultores familiares e assentados da reforma agrária.

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Fotos: Márcio Garcez