João Daniel repudia tentativas de criminalizar o MST


Aracaju, 18 de março de 2015

Joao Daniel defesa da petrobras 240215

Na tribuna da Câmara, o deputado federal João Daniel (PT/SE) repudiou, ontem, as acusações e tentativas de criminalização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) feitas pelo senador Ronaldo Caiado (DEM/GO) e o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM/BA). Segundo ele, os parlamentares tentaram associar o acidente ocorrido na semana passada, na BR-101, no município sergipano de Itaporanga d’Ajuda, onde três pessoas morreram, com a manifestação pacífica que era realizada a cerca de 3 quilômetros do local do acidente pelo MST.

 

“Quero declarar meu repúdio com essas acusações contra o MST e o ex-presidente Lula. O acidente não tem nada a ver com o MST ou o presidente Lula. Era uma manifestação pacífica e tenho certeza que tudo será esclarecido”, afirmou Daniel, ao prestar sua solidariedade ao movimento e o ex-presidente e também aos familiares das vítimas.

 

Por Edjane Oliveira