João Daniel registra reunião em Brasília para liberação de recursos para abastecimento de água


Aracaju, 17 de novembro de 2014

O deputado João Daniel (PT) registrou, em pronunciamento na sessão da Assembleia Legislativa desta segunda-feira, dia 17, os desdobramentos do acompanhamento que ele vem fazendo da questão relacionada ao abastecimento de água. Na semana passada, o parlamentar participou de várias reuniões, em Aracaju, com a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e Deso, sobre os vários sistemas de abastecimento de água no projeto de assentamento Jacaré Curituba, no sertão sergipano.

 

Segundo o deputado, essa questão está se encaminhando e o resultado dessas reuniões tem sido proveitoso. “Estamos chegando a uma solução, que é o ligamento dos vários sistemas de abastecimento, numa parceria do município de Poço Redondo, Codevasf e Deso”, disse.

 

Em seu pronunciamento, o deputado informou que, na última sexta-feira, dia 14, participou de uma reunião no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, com a secretária executiva Eva Dal Chiavon. Em pauta, a solicitação de liberação de R$ 3,2 milhões para a Codevasf, para a conclusão de parte das obras e manutenção do assentamento.

 

“Esses recursos são muito importantes para a conclusão de pequena parte do Jacaré Curituba, manutenção e pagamento de empresas que fazem atualmente a manutenção e assistência técnica na área de irrigação do projeto de assentamento Jacaré Curituba”, acrescentou. João Daniel disse que espera e confia no que a secretária executiva se comprometeu, de que até quarta-feira, no máximo até a quinta, dar uma resposta positiva junto com o Ministério para que a Codevasf possa resolver esse problema para o próximo período, especialmente agora quando se inicia o período de estiagem.

 

O deputado João Daniel agradeceu a recepção do Ministério do Planejamento, que tão logo solicitada a audiência o parlamentar foi recebido e compreendido o problema. “A secretária ouviu nossas demandas, imediatamente ligou para o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, e espero que até quinta-feira possamos ter essa resposta, para que possa resolver, pelo próximo período, essa questão para essas 740 famílias que estão assentadas na área que compreende os municípios de Poço Redondo e Canindé do São Francisco.

Por Assessoria de Imprensa