João Daniel pede solução para as famílias do 17 de Março e defende projeto de moradia para trabalhadores


O deputado estadual João Daniel (PT) usou a tribuna nesta quarta-feira, 13, para solicitar a regularização da situação das 450 famílias que hoje habitam conjunto residencial no bairro 17 de Março, em Aracaju. “O que está em discussão é a necessidade urgente de solucionar a questão. São homens e mulheres, pobres, que lutam pelo direito básico de ter uma casa”, defende João Daniel, que lembra ser 21 de março o prazo final para reintegração de posse dos imóveis.

Segundo o parlamentar, as famílias vivem em clima de tensão com a possibilidade de serem desalojadas: “São famílias pobres, trabalhadores, moradores da região, que merecem um tratamento de respeito. Apelo para a sensibilidade da administração municipal para suspender o despejo e resolver o problema”, argumenta João Daniel, que aponta a necessidade imediata de um grande projeto de moradia, em conjunto com o Governo Federal, por exemplo, que contemple as várias famílias de trabalhadores sem teto no Estado.

João Daniel valorizou, ainda, o avanço da organização dos trabalhadores em movimentos de luta por moradia. É o caso do município de Barra dos Coqueiros, onde os movimentos enfrentam grupos empresariais e a própria Justiça para garantir moradia às famílias de trabalhadores pobres. “Ali vemos condomínios de famílias ricas, mas defendo que haja moradia para os trabalhadores, para as famílias pobres.”