João Daniel participa de reunião no TRF buscando suspensão do leilão do Amparo de Maria


 
Na tarde desta segunda-feira, dia 24, o deputado estadual João Daniel (PT) participou da reunião com o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, em Recife, desembargador Francisco Wildo Lacerda Dantas. Na pauta do encontro, mostrar a importância do Hospital Regional Amparo de Maria, em Estância, e o caos que pode acontecer à saúde pública em Sergipe caso ele vá a leilão no próximo dia 27, quinta-feira, como a Justiça Federal havia determinado. É do Amparo de Maria a única maternidade em funcionamento na região Centro-sul, com a realização de cerca de 4 mil partos por ano, atendendo nove municípios da região, numa média de 30 mil atendimentos por ano.
O deputado João Daniel vem acompanhando essa situação de perto e, em pronunciamento feito na sessão do último dia 10, na Assembleia Legislativa, demonstrou sua preocupação com a possibilidade desse leilão acontecer e as consequências disso para o atendimento da população do município de Estância e toda região Centro-sul de Sergipe. “Levamos esse tema para a Assembleia, temos acompanhado isso junto à direção do Hospital Amparo de Maria e acompanharemos até a definição final”, afirmou o deputado.

De acordo com o deputado, durante a audiência foi feito um apelo ao desembargador presidente do TRF 5ª Região para que ele pudesse contribuir para a suspensão do leilão. O advogado do Hospital Amparo de Maria, Milton Andrade, que acompanhou a comitiva na audiência, informou que o desembargador presidente se mostrou solidário, se sensibilizou e informou que o relator dos processos que estão para ser julgados se trata de um dos mais responsáveis e, com certeza, tomará a decisão mais correta.

O deputado João Daniel saiu da audiência confiante de que o leilão poderá ser suspenso e a população da região continuará com o atendimento prestado pelos profissionais do HRAM. A apreciação dos dois últimos processos pendentes está a cargo do desembargador Marcelo Navarro. O julgamento deve acontecer nesta terça ou quarta-feira, uma vez que o leilão está previsto para a quinta-feira, dia 27.

Vitórias
Nessa luta pelo não fechamento do Amparo de Maria, algumas vitórias foram conquistadas na Justiça Federal. Dos 11 processos na esfera federal que existiam pedindo a penhora do hospital, o HRAM já teve vitória em nove (em um deles foi feito parcelamento do débito) no Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Nesses processos, os desembargadores votaram a favor da sociedade, levando em conta o dano que seria para a comunidade e também para os funcionários caso o Hospital Amparo de Maria fosse a leilão e, posteriormente, fechado, uma vez que o leilão é em lotes.

Em seu discurso em defesa do Hospital Amparo de Maria feito na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado João Daniel, além de mostrar sua preocupação com a realização do leilão, fez apelo às autoridades do Judiciário federal sobre a possibilidade de sua suspensão, bem como apelou aos colegas deputados que se somassem à causa.

Antes de fazer seu pronunciamento na Assembleia, João Daniel visitou o hospital centenário, conversou com diretores, funcionários e usuários, para tomar pé da real situação da unidade de saúde. Na oportunidade, ele pode conhecer os serviços ofertados pelo Amparo de Maria e todo esforço feito pela atual gestão para sanear as dívida, parcelando débitos com fornecedores e funcionários, para poder ter de volta certidões negativas.

Além do deputado João Daniel, participaram da comitiva que foi ao TRF da 5ª Região os também deputados estaduais Gilson Andrade (PTC), presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, e Augusto Bezerra (DEM), além do senador Eduardo Amorim.

Edjane Oliveira, da Assessoria Parlamentar