João Daniel participa de inauguração do Centro Regionalizado de Atendimento à Mulher no Alto Sertão


O deputado estadual João Daniel (PT) esteve presente à inauguração do Centro Regionalizado de Atendimento à Mulher (CREAM) em Situação de Violência Maria Isabel da Silva, no município de Poço Redondo. A solenidade aconteceu na manhã de quarta-feira, dia 15. O espaço vai atender mulheres de sete municípios da região do Alto Sertão Sergipano. O parlamentar destacou a importância desse Centro Regionalizado, pois estará recebendo todas as denúncias de agressões contra mulheres, prestando atendimento e oferecendo assistência às vítimas.

 

Segundo o deputado, o nome dado ao CREAM em Poço Redondo homenageia uma jovem que integrava o movimento dos pequenos agricultores, muito conhecida na região, que faleceu em um acidente. Centenas de pessoas participaram da inauguração. Entre elas, representantes de vários municípios, o prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo, a secretária estadual de Políticas para Mulheres, Maria Teles, além de vereadores, lideranças políticas e dos movimentos sociais, a exemplo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), colônias de pescadores, comunidades quilombolas, entre outros.

 

“Foi um grande ato, realizado na praça do Centro de Poço Redondo, mostrando à população a importância desse Centro, com apresentação da banda de música dos adolescentes do Peti, com hino nacional executado pela banda de música de Poço Redondo”, ressaltou João Daniel. De acordo com o deputado, para a secretária Maria Teles, este foi o maior ato dela na inauguração desses Centros.

 

O Centro Regionalizado de Atendimento à Mulher (CREAM) em Situação de Violência do município Maria Isabel da Silva está localizado no Centro do município de Poço Redondo. Para coordená-lo, foi escolhida uma mulher ligada ao movimento dos pequenos agricultores da região, Marlene Araújo. “Esse Centro vai fazer o trabalho muito importante da política para mulheres em sete municípios do Alto Sertão, principalmente receber e acompanhar todas as denúncias que houver de violência contra a mulher”, afirmou o deputado João Daniel.

 

Para isso, haverá uma equipe multidisciplinar que irá trabalhar várias políticas integradas, envolvendo outras secretarias de Estado e municipais. O deputado informou ainda que há um convênio dos sete municípios para ajudar na manutenção do Centro, que é vinculado à Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres da Presidência da República e da Secretaria Estadual de Política para Mulheres e a Coordenadoria da região.

Edjane Oliveira, da Assessoria Parlamentar