João Daniel participa de entrega de PDA de três assentamentos em Pacatuba


 

O deputado estadual João Daniel (PT), acompanhando o superintendente do Incra em Sergipe, Leonardo Goes, participou da entrega do Plano de Desenvolvimento do Assentamento (PDA) de três assentamentos localizados na região do Baixo São Francisco. A reunião que culminou com a entrega do PDA foi realizada no Centro comunitário do município de Pacatuba, na última quinta-feira.

O plano de desenvolvimento contempla os assentamentos Boa Vista, Padre Nestor e Maria Zenilda, localizados nos municípios de Pacatuba, Neópolis e Japoatã, que juntos somam em torno de 80 famílias. Participaram do encontro as famílias assentadas e a equipe técnica que ajudou na elaboração do PDA. De acordo com o deputado João Daniel, o plano de desenvolvimento de cada assentamento foi elaborado integrado com a região.

Na oportunidade, os PDAs foram entregues ao superintendente do Incra em Sergipe, Leonardo Goes. O apoio e orientação para a elaboração do plano são feitos por uma equipe multidisciplinar, formada por engenheiro agrônomo e florestal, assistente social e técnico em agropecuária. O Boa Vista, Padre Nestor e Maria Zenilda são três assentamentos novos, que ainda não receberam nenhum crédito e estão se preparando para receber o primeiro crédito de habitação, produtivo e de infraestrutura.

“Esse encontro em Pacatuba teve como objetivo aprovar todos os planos de curto, médio e longo prazo, seja nas áreas de habitação, estrutura e produção”, disse João Daniel, acrescentando que o PDA passou 90 dias sendo debatido dentro dos assentamentos com as famílias e elaborado junto com a equipe técnica multidisciplinar. O deputado informou ainda que esses são assentamentos dentro das metas do governo federal, que terão cronograma e planejamento. “Atualmente, esses assentamentos já estão com assistência técnica pelo Incra”, ressaltou.

Em seu pronunciamento durante a entrega, João Daniel parabenizou todos os companheiros e companheiras dos três assentamentos e destacou o importante papel da equipe técnica que deu assistência. “Nem tudo podemos resolver, mas grande parte dos problemas dos assentamentos é resolvida pelos assentados, se tiver organização produção, uma boa assistência técnica, por isso é importante valorizar e ajudar a assistência técnica”, disse, acrescentando que isso ajuda a fortalecer a luta pela reforma agrária na região.

Além da entrega do Plano de Desenvolvimento do Assentamento, os assentados fizeram uma exposição dos produtos que eles já produzem, como artesanato e produtos agropecuários.

Edjane Oliveira, da Assessoria Parlamentar