João Daniel participa de encontro com artesãos sergipanos


O deputado estadual João Daniel (PT) participou nesta terça feira, 29, de encontro com artesãos sergipanos. Para o deputado petista, é preciso articular os artesãos e implantar políticas de valorização do artesanato sergipano. “Criar uma política forte de incentivo aos artesãos, um setor importantíssimo não só para a economia de Sergipe, mas para manter viva a cultura do nosso Estado, a tradição do nosso povo. Coloco o nosso mandato à disposição para acompanhar as discussões e viabilizar as medidas que resultem em mudanças concretas para o setor”, observa.

 

O evento ocorreu na sede da Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), em Aracaju, e teve como objetivo aprofundar o diálogo com os artesãos, ouvir as propostas e reivindicações do segmento e iniciar o planejamento das ações que serão implementadas pela secretaria.

 

Lauro Seixas, secretário de Estado do Trabalho, explica que o encontro marcou o início de uma séria de ações que serão realizadas pela Setrab para valorizar e criar as condições necessárias ao fortalecimento do setor. “Reforço o compromisso da Secretaria do Trabalho e do Governo de Sergipe em valorizar e incentivar o artesão sergipano, com a clareza de que o artesanato deve ser viabilizado como uma política de Estado. Estamos abertos a novas ideias, e tenham certeza de que não mediremos esforços em transformá-las em realidade”, garante.

 

Políticas públicas – É o que espera a tecelã Sandra Mota: “O que precisamos é a formulação de políticas públicas para o artesanato. Há, por exemplo, uma grande dificuldade no escoamento da produção, precisamos resolver essa questão”, observa.

 

Um ponto também colocado pelo artesão Pedro Roberto Rodrigues, conhecido por Pedrão: “Temos que criar maneiras de viabilizar a comercialização dos nossos produtos, não podemos viver de eventos pontuais. Por que não ampliar as feiras de artesanato, transformá-las em feiras mensais?”, sugere. Foi proposta, também, a formação de uma comissão de artesãos e técnicos da Setrab para aprofundar as discussões e formular ações para o segmento.

Com informações da Setrab