João Daniel parabeniza presidenta Dilma por medidas que beneficiam agricultores do semiárido


 

 

As medidas anunciadas pela presidenta da República, Dilma Rousseff, na última terça-feira, dia 30, que beneficiam todos os agricultores do semiárido da Região Nordeste foram destacadas pelo deputado João Daniel (PT), em discurso feito na sessão da Assembleia Legislativa desta quinta-feira, dia 2. Na terça-feira saiu a portaria do Conselho Monetário Nacional (CMN) com essas medidas. Ele parabenizou o governo federal pela iniciativa e ressaltou os benefícios que trará. Segundo ele, ainda é preciso aguardar a regulamentação, que vai chegar aos bancos. “Mas esperamos que chegue nos próximos dias”, disse.

João Daniel disse que entre as medidas trazidas está a prorrogação dos recursos da emergência da seca, que tinham um prazo até o mês de maio para serem financiados e por conta disso havia uma correria por parte dos pequenos produtores e empresas de assistência técnica para dar entrada. Agora, com a prorrogação eles têm até o dia 2 de maio de 2014 para que essas operações sejam formalizadas.

De acordo com o deputado, outra questão importante são os financiamentos na área da agricultura familiar que estão vencendo ou para vencer, que poderão ser prorrogados, com três anos de carência e dez anos para pagar. “Com isso, se abre possibilidade de novos financiamentos para esses agricultores e se prorroga tudo que está próximo de vencer. E se tiver chuva teremos uma volta pelo trabalho, pela força, pela coragem do povo dessa região, havendo a reestruturação da agropecuária, em especial da pecuária de leite. Ficamos felizes e parabenizamos pela medida”, declarou.

João Daniel acrescentou, entretanto, que espera que a regulamentação das medidas seja feitas o mais breve possível e vá bem organizada para os bancos, para que os agricultores sejam beneficiados. “Porque nem sempre a deciEdjane Oliveira, da Agência Alese (www.agenciaalese.se.gov.br)são chega aos bancos locais com todas as decisões”, observou.

Em seu pronunciamento, o deputado registou que no último dia 18 teve uma reunião na Procuradoria Geral da Fazenda em Sergipe sobre as dívidas do Programa Especial de Saneamento de Ativos (Pesa), que envolve pequenos e grandes agricultores. Na oportunidade, disse ele, a Procuradoria Geral informou e garantiu que está aberta uma renegociação dessas dívidas. “Estamos em contato com todos que participam do Fórum de Endividamento Agrícola de Sergipe que não foram ainda beneficiados para que possam fazer sua renegociação”, finalizou.