João Daniel comemora lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2014


O deputado João Daniel (PT) destacou, na sessão da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, dia 28, o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015. O anúncio foi feito na última segunda-feira, dia 26, pela presidente Dilma Rousseff e traz o maior volume de crédito da história e novas medidas para o fortalecimento do Brasil Rural. Para o parlamentar, é uma satisfação fazer o anúncio desse programa.

Segundo João Daniel, este ano houve um aumento importante na quantidade de recursos disponibilizados para o Plano Safra, que ficou em R$ 24,1 bilhões, valor 14,7% superior ao anunciado na safra passada. O deputado disse que, fora isso, tem várias questões novas que foram incorporadas ao Plano a partir de um grande debate feito com a participação do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Via Campesina e outros movimentos ligados, além da Contraf e Fetraf, entre outras.

“Tive a oportunidade de participar de várias reuniões nesse sentido e na última para o fechamento do acordo, na Casa Civil, no final do ano de 2013. E hoje essa proposta está passando pela fase final da votação, um dos pontos que incluem pequena agricultura e assentamentos com relação também a questão das dívidas, que é lançada dentro do programa Safra de 2014”, disse. Segundo o deputado, entre as questões importantes está garantido um novo crédito para as novas famílias assentadas, a partir de agora, um crédito de até R$ 25 mil, acompanhada de três operações de custeio de até R$ 7,5 mil, além de ter um rebate de 40% para cada parcela quitada em dia.

“E na questão das dívidas e renegociação incluem 100% das famílias assentadas, através dos recursos antigos, desde o início do Programa Nacional de Reforma Agrária, sendo Procera, Pronaf A, B e C. Uma grande conquista para os trabalhadores rurais”, comemorou. De acordo com o deputado João Daniel, em Sergipe deverão ser beneficiadas entre 40 mil a 50 mil famílias, 100% das famílias assentadas que tiverem problemas ainda pendentes e pequenos agricultores.

O parlamentar acrescentou que a parte relativa às dívidas já foi votada e aprovada na Câmara, na semana passada. Uma parte ainda esta semana deve ser analisada no Senado e sancionada pela presidente Dilma Rousseff. “É uma grande conquista da agricultura familiar e camponesa, dos assentamentos e todas as organizações sociais e todos os novos créditos vêm para resolver o problema de endividamento que existia pendente da pequena agricultura e assentamentos”, concluiu.

Por Edjane Oliveira, da Assessoria

Foto: Maria Odília, da Agência Alese