João Daniel apela para negociação entre patrões e trabalhadores da construção civil


O deputado estadual João Daniel registrou no grande expediente da sessão da Assembleia Legislativa desta quinta-feira, dia 16, que continua sem êxito a negociação entre trabalhadores e patrões do setor da construção civil. Os operários sergipanos estão em greve desde a última segunda-feira. O parlamentar participou na manhã de hoje de mais uma assembleia da categoria.

 

Enquanto discursava na tribuna do Parlamento estadual, os trabalhadores da construção civil realizavam mais uma caminhada de mobilização. O ato saiu da praça Olímpio Campos com destino à praça General Valadão. “Infelizmente, até agora a negociação da categoria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil [Sinduscon] não teve êxito. A pauta não está sendo até hoje negociada”, disse.

 

João Daniel apelou que o Sinduscon ouça a categoria e atenda as reivindicações que estão sendo feitas, pois ele as considera justas. Um dos motivos para isso, explicou o deputado, é porque Sergipe tem o menor salário do Brasil na construção civil. Aqui, segundo ele, o pedreiro tem com piso salarial R$ 945,82.

 

Em seu pronunciamento, o deputado João Daniel pediu o apoio da Assembleia para a defesa da categoria dos trabalhadores da construção civil e que a Casa possa ouvir o presidente do Sindicato dos Trabalhadores, Raimundo Luiz Reis, para que ele fale sobre as reivindicações dos operários, a luta e história da categoria.

 

João Daniel registrou ainda que esta greve iniciada na segunda-feira é uma das maiores mobilizações da construção civil em Sergipe. O deputado também intermediou a conversa que acontece na tarde desta quinta-feira com o secretário de Estado do Trabalho, José Lauro Seixas Lima, com a diretoria do Sindicato da Construção Civil.

Edjane Oliveira, da Assessoria Parlamentar