João Daniel apela ao governo federal retomada das obras do campus do IFS em Poço Redondo


Aracaju, 26 de agosto de 2015

 

Na sessão desta quarta-feira, dia 26, na Câmara dos Deputados, João Daniel (PT/SE) apelou ao governo federal, através do Ministério da Educação e a área econômica, que possibilite a retomada das obras do campus do Instituto Federal de Sergipe (IFS) no município de Poço Redondo, localizado no Alto Sertão sergipano. O deputado lembrou que os governos Lula e Dilma Rousseff foram os que mais investiram, na história do Brasil, nos Institutos Federais e Universidades no país.

 

“Temos essa obra que é fundamental e nós apelamos para que o ministro da Educação, Renato Janine, e a área econômica do governo possam retornar os recursos para o IFS em Poço Redondo”, apelou. João Daniel lembrou que foram feitas duas licitações para a contratação da empresa responsável pela obra, sempre com desistência. A primeira, cujo contrato foi celebrado com a empresa Critério Engenharia Ltda., e, uma segunda, que não chegou a ser celebrado, com a empresa Link Engenharia Ltda., este último com o valor total de R$ 5.290.08,60.

 

Os poucos serviços executados na primeira licitação correspondem, aproximadamente, a 0,05% com total faturado de 50.000,00. Para o cálculo estimativo do valor necessário para a retomada da obra, considerou-se o valor remanescente do contrato atual, acrescido de correções no projeto existente e alterações de orçamento necessárias, além do índice de 8% (INCC – Índice Nacional da Construção Civil) assim, o valor estimado para tal é algo em torno de R$ 6.200.000,00.

 

O deputado ressaltou que a construção de um campus do Instituto Federal na região é uma reivindicação histórica da juventude do Alto Sertão. “Conto com a sensibilidade da presidenta Dilma de retornar esses recursos para que o nosso reitor Ailton Ribeiro conclua essa obra e os jovens do sertão possam estudar nesse importante Instituto”, completou, ao fazer o apelo também em nome do prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Márcio Garcez