João Daniel afirma que não há como apagar herança de Déda


luto

O deputado João Daniel (PT) lamentou a morte do governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), ocorrida na madrugada desta segunda-feira, dia 2, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado para tratar um câncer gastrointestinal. O parlamentar, amigo pessoal e líder da bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa, externou seus mais profundos sentimentos aos familiares de Déda nesse momento pelo qual passam. “Desejo que Deus possa dar o conforto necessário a todos. Que possam ter fé para compreender esse momento e força para suportar o peso da dor”, afirmou João Daniel.

 

Segundo o deputado, Marcelo Déda proporcionou para Sergipe um momento único na sua história ao liderar o projeto de um governo de características populares, com o povo, para o povo. “Libertou nossa gente das garras da direita patrimonialista e construiu um legado que ficará para a história. E, o mais importante, será referência para um futuro de conquistas para Sergipe”, declarou o petista, acrescentando que essa herança não tem como apagar. “Está gravada na mente e nos corações da nossa gente”, arrematou.

 

“É uma perda muito grande para o Estado de Sergipe e para o povo brasileiro. Sem dúvida foi um dos maiores governadores da história de Sergipe. Um grande homem que marca a história política do Estado. Sempre foi também um líder político respeitado no país inteiro. Hoje é um dia muito triste para todos nós. Mas ao mesmo tempo podemos nos orgulhar de saber que a nossa geração e as gerações futuras terão na história um grande governador, um grande líder, honesto, correto e que fez não apenas obras materiais, mas marcou com um legado de honestidade e de conhecimento que nos ajudaram e ajudará as futuras gerações a se inspirarem nele. Obrigado, companheiro Marcelo Déda”, afirmou, declarando que Sergipe e a militância do partido e movimentos sociais estão de luto.

 

Junto com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), movimentos sociais e militância do Partido dos Trabalhadores, o deputado João Daniel estará no aeroporto de Aracaju aguardando a chegada do corpo do governador, vindo de São Paulo, às 16 horas, seguindo em carro do Corpo de Bombeiros para o velório no Palácio Museu Olímpio Campos, onde ficará até as 16 horas de amanhã.

Edjane Oliveira, da Assessoria Parlamentar