“Frente Brasil Popular marca novo momento no país, avalia João Daniel


Aracaju, 10 de setembro de 2015

 

Com a participação de centenas de militantes de movimentos sociais, populares e ligados à juventude, além de integrantes e parlamentares de partidos de esquerda, foi lançada, em Belo Horizonte (MG), a Frente Brasil Popular. Para o deputado federal João Daniel (PT/SE), o ato realizado no último sábado, na Assembleia Legislativa mineira, do qual ele participou, marca um novo momento na história dos movimentos e da esquerda no Brasil. Essa Frente, disse o parlamentar, é uma articulação de militantes que acreditam num grande projeto para o Brasil.

 

“Lá nós pudemos, durante o dia, ouvir as mais diversas opiniões e debater posições e visões, mas uma coisa uniu e une toda a Esquerda brasileira que por lá passou: a vontade e a certeza de que o nosso país continua sendo uma grande Nação, que continuará construindo cada vez mais a sua soberania, a sua democracia e os direitos da classe trabalhadora”, afirmou João Daniel em discurso na Câmara dos Deputados.

 

Segundo o deputado, na ocasião foi possível se debater a construção de um grande movimento que se preocupa com as medidas que a Câmara e os setores conservadores tentam impor. Entre elas, João Daniel listou uma pauta da perda de direitos da classe trabalhadora do campo e da cidade, a exemplo das terceirizações, o debate da PEC 215 e tantas outras questões que compõem os debates no Legislativo federal. “Mas pudemos ter a certeza de um calendário futuro de grandes mobilizações, e a certeza de que essa militância, que tem raiz, que tem amor a esta Pátria, não se curvará e continuará lutando em defesa dessa grande Nação e pela construção de uma sociedade mais justa, igualitária e fraterna”, ressaltou.

Na terça-feira, dia 8, a Frente Brasil Popular lançou o Manifesto ao Povo Brasileiro, documento final da Conferência Nacional Popular realizada no sábado, em Belo Horizonte. O documento detalha seus principais objetivos, como defender a soberania nacional e os direitos dos trabalhadores, ampliar a democracia e a participação popular, lutar por uma reforma política soberana e popular com participação direta do povo, defender a soberania nacional e promover reformas estruturais para construir um projeto nacional de desenvolvimento democrático e popular.

 

João Daniel parabenizou as centenas de militantes de todo país que lá estiveram. “Militantes que levaram para seus Estados, cidades, movimentos e partidos a certeza de que nós haveremos de continuar construindo uma grande Pátria, que defenda a democracia, que respeite os direitos já conquistados e as grandes reformas que haveremos de fazer neste País, em defesa de uma grande Nação, que inclua todos os homens e mulheres, os direitos que nós já conquistamos e aqueles que ainda faltam conquistar”, finalizou.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa