Ensino superior: João Daniel comemora medidas que irão beneficiar UFS e IFS em Sergipe


Aracaju, 9 de maio de 2016

 

Na manhã desta segunda-feira, dia 9, o deputado federal João Daniel (PT/SE) participou da solenidade realizada no Palácio do Planalto, quando a presidenta Dilma Rousseff assinou o projeto de lei que cria cinco universidades federais no país. Acompanhado pelos reitores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Ângelo Antoniolli, e do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Ailton Ribeiro de Oliveira, ele comemorou as medidas que irão beneficiar essas duas instituições.

 

“Nosso mandato tem como prioridade a luta pelo ensino superior e cursos técnicos para nossa juventude e o fortalecimento da UFS e do IFS”, destacou o deputado João Daniel. Para a Universidade Federal de Sergipe, foram assegurados recursos para o campus de Medicina, no município de Lagarto, e o de Glória. O parlamentar acrescentou que também está se trabalhando para os recursos para as obras do campus de Glória.

 

No caso do IFS, o deputado João Daniel informou que o governo federal garantiu o essencial, que faltava: recursos para continuidade das obras. O reitor do IFS, Ailton Ribeiro de Oliveira, também classificou como muito importantes as conquistas obtidas pelo Instituto hoje. “Estávamos com obras paradas e, graças à intervenção do deputado João Daniel, o governo aprovou recursos para as obras”, afirmou. Segundo ele, na próxima sexta-feira será assinado contrato para reinício das obras nos campi de Tobias Barreto e Poço Redondo”, disse o reitor.

 

Ele informou também que foi encaminhado para o Setor de Engenharia fazer a licitação do campus de Propriá que também estava com a obra paralisada. No caso do campus de São Cristóvão, estava parada a obra dos alojamentos feminino e masculino, além da guarita, obras que também serão reiniciadas. “Também estávamos com obras paradas no campus de Nossa Senhora da Glória e esta foi autorizada”, disse, acrescentando que o IFS também está comprando equipamentos para reiniciar as obras em Nossa Senhora do Socorro em 2017.

 

Nesses próximos três anos serão mais de R$ 33 milhões para a conclusão das obras paradas do IFS em Sergipe, segundo informou o reitor da instituição. Em 2016 serão R$ 13,144 milhões. Já em 2017 serão R$ 13,487 milhões e em 2018, mais R$ 6,578 milhões. “Mas nisso tudo teve também o empenho do deputado João Daniel, que, fora ajudar na liberação desses recursos federais, ele destinou da cota dele em emendas R$ 5 milhões para o IFS”, destacou.

 

Durante a solenidade, foram apresentados dados sobre a educação no país no período de 2003 a 2016, apontando os avanços obtidos nesse período em todos os níveis, desde a educação infantil, ensino fundamental, médio e superior, nas universidades e institutos federais. Um dos dados foi que, no ensino superior, o número de matrículas passou de 3 milhões para quase 8 milhões hoje, além do número de mestrados e doutorados que mais que dobrou no período analisado, além dos 101 mil estudantes que passaram pelo programa Ciência sem Fronteiras, estudando nas maiores universidades dos principais países. Na ocasião, a presidenta anunciou a inauguração de 41 campus do IFS.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa 

Fotos: Márcio Garcez