Emenda impositiva de R$ 20 milhões apresentada por João Daniel para campus da UFS no Sertão é aprovada pela bancada de SE


Aracaju, 31 de outubro de 2018

 

 

Projeto para o campus do Sertão da UFS

Fruto de indicação do deputado federal João Daniel (PT), foi aprovada pela bancada federal de Sergipe emenda impositiva no valor de R$ 20 milhões para a construção do campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no Sertão, dentro do Orçamento Geral da União de 2019. Ontem e hoje os parlamentares federais sergipanos estiveram reunidos definindo a destinação dos recursos para o estado, quando o deputado João Daniel defendeu a importância da alocação desse valor para a UFS.

 

Dentro do processo de expansão do ensino superior público, ocorrido durante os governos Lula e Dilma Rousseff, no ano de 2015 foi implantado o Campus do Sertão no município de Nossa Senhora da Glória, que vem atendendo jovens estudantes do Alto Sertão Sergipano e de outros estados da Região Nordeste. Atualmente, o Campus do Sertão da UFS oferta quatro cursos de graduação na área das Ciências Agrárias – Agroindústria, Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária e Zootecnia -, sendo oferecidas vagas em cada um dos cursos, totalizando 200 vagas anuais a preenchidas através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Agora no ano de 2019 serão formadas as primeiras turmas.

 

Diante da necessidade de parcerias para seguir adiante com os investimentos para o melhor funcionamento do Campus do Sertão, a demanda por esta emenda foi apresentada pelo reitor da UFS, Ângelo Antoniolli, prontamente abraçada e defendida pelo deputado João Daniel. O Campus do Sertão hoje conta com a fazenda experimental, onde serão montadas todas as infraestruturas para capacitação dos alunos e agricultores do Alto Sertão. O sertão sergipano é uma região que economicamente se destaca pela produção agrícola, principalmente pela pecuária leiteira, com a produção de queijos e seus derivados.

 

João Daniel acompanha juventude na entrega da carta apelando pelo campus, ao então governador Jackson Barreto

O deputado federal João Daniel destacou que com os recursos dessa emenda será possível à UFS proporcionar, no Campus do Sertão, melhores condições de infraestrutura física básica para as atividades de ensino, pesquisa, extensão, contando com a construção do Centro de Vivência, biblioteca, centro poliesportivo, blocos laboratoriais didáticos, laticínio escola, unidades demonstrativas para produção agropecuária e alojamentos estudantis.  “Para nós que participamos de todo processo de mobilização e de entrega do documento ao presidente Lula, aos ministros e à presidenta Dilma Rousseff, estamos muito felizes com o desenvolvimento da Universidade Federal de Sergipe no Alto Sertão, hoje realidade. No entanto, a obra do campus da UFS, após o impeachment da presidenta Dilma, ficou muito distante”, observou.

 

João Daniel acrescentou que, agora, graças à sua indicação e apoio dos parlamentares sergipanos, com a presença do reitor da UFS e do diretor do campus do Alto Sertão, a bancada vai garantir a construção. “Como deputado federal fico muito feliz de saber que o sertão sempre foi um território de muita luta, de muita força dos movimentos sociais, em especial da luta pela terra, e que este campus fortalecerá, ainda mais, a importância deste território”, completou o deputado.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa