Deputado João Daniel lamenta a morte da cantora Clemilda


Aracaju, 26 de novembro de 2014

O deputado João Daniel lamentou a morte da cantora Clemilda, ocorrida nas primeiras horas desta quarta-feira, dia 26. Ela vinha doente há alguns meses e estava internada num hospital particular de Aracaju. Na sessão da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, o deputado prestou solidariedade a toda família da cantora Clemilda pela sua morte.

 

João Daniel reconheceu a importância da artista para a cultura sergipana. “Deixamos aqui nossa solidariedade a toda família, em nome de seu filho Robertinho dos Oito Baixos. Sentimos orgulho em saber que essa guerreira alagoana, mas que fez carreira em Sergipe, deixou seu nome marcado na história do Brasil”, declarou.

 

João Daniel acrescentou que, além disso, Clemilda é conhecida em vários países da América Latina. E quando se fala em Sergipe as pessoas lembram do seu nome que ficou marcado na história popular de Sergipe”, disse. Na oportunidade, o deputado informou que vai apresentar uma indicação para que o governador Jackson Barreto possa dar o nome de Clemilda a uma das obras do Estado relacionadas à cultura, para que fique marcado para sempre na história de Sergipe para as futuras gerações.

 

Clemilda Ferreira da Silva é natural da cidade alagoana de São José da Lage, em setembro de 1936. Aqui em Sergipe, acompanhada de seu marido, o cantor Gerson Filho, constituiu família e carreira. Ficou conhecida como a “Rainha do Forró”. Foram mais de 40 discos gravados, além de CDs, tendo conquistado dois discos de ouro e dois de platina. Teve músicas conhecidas em todo país, como “Prenda o Tadeu”, “Talco no salão” e “Forró cheiroso”. Além disso, apresentou, por décadas os programas de TV e rádio “Forró no Asfalto”.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria

Foto: Portal Infonet