“A história mostrará a verdade”, afirmou João Daniel, sobre a tentativa de linchamento contra o PT


Aracaju, 05 de outubro de 2016

 

 

Citando frase de Ulysses Guimarães quando disse “A verdade poderá ser temporariamente ocultada, nunca destruída. O futuro e a história são incensuráveis”, o deputado federal João Daniel (PT) afirmou que o futuro e a história mostrarão a verdade sobre a tentativa de linchamento contra o Partido dos Trabalhadores. Ele disse que, agora, alguns comemoram que saíram vitoriosos nessa eleição, mas a história mostrará. “Estamos vivendo um momento em que esses que se dizem vitoriosos da eleição precisam assumir que também tiveram participação e elegeram um presidente da República através de um golpe. Precisamos mostrar a verdade”, afirmou.
De acordo com o parlamentar, o Brasil vive um momento de uma tentativa de linchamento da política brasileira construída a partir da classe trabalhadora. Para ele, esse é o momento de ameaça à democracia. “Vivemos o momento em que se persegue, a todo custo, com todas as forças, para destruir a maior liderança da história do Brasil, ao menos dos últimos 100 anos, que é, e será sempre, Luiz Inácio Lula da Silva”.
João Daniel afirmou que é preciso ter respeito e os que fazem parte deste governo assumir a que vieram. “Já é hora de os golpistas assumirem que não têm proposta nenhuma para melhorar este país. A única proposta que têm é privatizar a Petrobras, acabar com a Lei da Partilha, aprovar a PEC 241 para congelar todos os investimentos da educação e da saúde para o futuro deste país, para deixar amarrado pelos próximos 20 anos o Estado Brasileiro”, declarou.
O deputado petista acrescentou que, hoje, eles podem se sentir vitoriosos e poderão, com apoio da mídia com parte do Judiciário, fazer o linchamento da política, mas a resposta a história nunca negou. “A verdade virá. Temos o prazer de dizer que esse linchamento da tentativa contra o Partido dos Trabalhadores não ficará assim. A história mostrará a verdade. Nós não temos pressa, não”, disse.

 

Em seu discurso, o deputado João Daniel acrescentou que os governos mais honestos, que possibilitaram todo o tipo de apuração, que deram total apoio à estrutura da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e à autonomia do Judiciário foram os governos Lula e Dilma. “Lá fora, sim, o mundo inteiro está sabendo que aqui se passa um acordão para acobertamento de todo o esquema de corrupção e o Brasil voltando a ser colônia, a serviço das grandes empresas internacionais”, ressaltou. Por isso, acrescentou João Daniel, a política precisa voltar a ser debatida, a ser respeitada “e não ser tratada da forma como está sendo por alguns que se prestam a falar da política, os que ganharam a eleição e que não passam de golpistas a serviço desse sistema capitalista”, concluiu.

 

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Foto: Márcio Garcez